Off Topic (Fora de Tópico)

26 Anos de Chernobyl

Amigos, como vocês já devem ter percebido este não é um post sobre sobrevivencialisto, mas sim um post que visa mostrar que nunca devemos relaxar nossos esforços, pois temos de estar sempre atentos às possibilidades que nos cercam.
Como vocês puderam perceber pelo título do post, fazem 26 anos que ocorreu o fatídico acidente em Chernobyl, ou seja, o acidente ocorreu no dia 26 de abril de 1986, aproximadamente às 1:30 da manhã.
Vale lembrar que Chernobyl fica localizada na Ucrânia, bem o desastre começou durante um teste de sistemas no sábado, 26 de Abril de 1986, no reator número quatro da usina de Chernobyl, que fica próximo à cidade de Prypiat e nas proximidades da fronteira administrativa com a Bielorrússia e o rio Dnieper.
Ocorre que  uma onda de energia foi sentida e quando tentaram efetuar um desligamento de emergência, houve uma forte variação da produção de energia, o que levou a uma ruptura do reator e à uma série de explosões.
Estes eventos deixaram exposto o moderador de grafite do reator, fazendo com que ele incendia-se. O incêndio resultante enviou uma nuvem de fumaça altamente radioativa para a atmosfera sobre uma extensa área geográfica, incluindo a cidade vizinha Pripyat.
A nuvem pairou sobre grandes partes do oeste da União Soviética e na Europa. De 1986 a 2000, aproximadamente 400 pessoas foram evacuadas e reinstaladas das áreas mais gravemente contaminados da Bielorrússia, Rússia e Ucrânia.
O acidente levantou preocupações sobre a segurança da indústria de energia nuclear mundial e ainda hoje existe certa resistência à esse tipo de energia.
Fato é que, nunca saberemos o que pode acontecer conosco no dia de amanhã, por isso não podemos contar com a ajuda do governo, ou de ONGs. No caso de Chernobyl a população só foi avisada sobre o risco que estavam correndo e sobre a necessidade de evacuação da área, após 30h do ocorrido.
Temos de aprender com os erros do passado, para não fazer a mesma coisa no futuro.
Outro blog com mais fotos e informação: http://www.mlml.com.br/2011/06/chernobyl/
Categorias: Off Topic (Fora de Tópico), Sobrevivêncialismo, Urbano | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Origem da Faca Tracker

Sou um curioso sobre facas, e também adoro história, então vou  aproveitar a ocasião de um amigo ter produzido uma belíssima faca Tracker e falar um pouco sobre a origem desse design inovador.

Bem, em minhas pesquisas, descobri que este projeto foi criado por Tom Brown, que propôs que esta seria a faca multi funções ideal para sobrevivencialismo.

A ideia para esta ferramenta, veio quando ao ser entrevistado por um reporter, Tom foi questionado sobre qual seria a melhor faca para um sobrevivencialista.

Ao receber a pergunta, Tom ficou pensativo e disse: “A melhor faca para sobrevivência ainda não existe” então o reportes retrucou: “Porque não?” e Tom de pronto respondeu: “Porque eu ainda não criei.” logo após esse comentário o jornalista disse: “Pois esta será uma faca que eu adorarei ver”.

Sete anos e duzias de projetos depois, o design básico da faca estava pronto, a qualidade do produto era uma preocupação recorrente na cabela de Tom, e então ele contratou Ed Lombi(é um ferreiro amigo de Tom, mas não achei fotos.), este que trabalhou por muito tempo fazendo modelos, até que Tom decidiu parar os projetos e seguiu com outros interesses.

Algum tempo depois encontrou Dave Beck, que adicionou muitas coisas à Tracker, depois de 10 anos produzindo as facas, Dave desistiu de continuar a produção e a faca sumiu do mercado por algum tempo.

Em 2001 Tom, começou a trabalhar como técnico consultor e escritor em um filme de Billy Friedkin, onde estrelavam Tommy Lee Jones e Benecio Del Torro.

O filme recebeu o título de “Caçado” onde a faca foi usada por Benecio.

Depois disso Tom começou a procurar por uma companhia que pudesse fazer a Tracker em número suficiente para suprir a demanda, nessas condições, ele encontrou Mike Fuller e a TOPS USA, uma das líderes em fabricação de facas tácticas, então a TOPS tomou as rédeas dai pra frente e criou uma arte que service a característica de ferramente de sobrevivência, com isso surgiu o slogam da faca: “Uma vida, Uma Faca” em inglês: “One Life, One Knife.”

Espero que gostem.

fonte: http://www.trackertrail.com/trackerknife/index.html

Categorias: Off Topic (Fora de Tópico) | Tags: , , , | Deixe um comentário

A Caça Como Fonte De Complementação De Renda.

Imagem extraída do site: http://codigodacultura.files.wordpress.com
     Desde tempos remotos a caça é a forma mais básica de garantia de vida do ser humano, porém com o avanço da sociedade esta prática vem se tornando atípica para a maioria dos povos, chegando a ser mal vista por alguns que entendem não mais haver a necessidade desta forma de obtenção de alimento.
     Esta interpretação é fruto de um longo processo de acomodação e alienação do qual conforme houve a evolução da sociedade facilitou-se algumas situações, como por exemplo a obtenção de alimento, assim sendo é compreensível que se imagine que não seja necessária a prática da caça, bem incorre em erro quem assim pensa pois se olharmos além de nossa própria situação, perceberemos que a sociedade não evoluí de forma homogênea existindo assim, lugares em que o acesso a certas regalias do mundo moderno é bem restrito.
     Já faz tempo que podemos ir ao supermercado e encher o carrinho de carne, a qualquer hora do dia ou da noite, esta verdade é no mínimo relativa, no sentido de que ainda hoje existem pequenas cidades, povoados, vilarejos, agrupamentos, etc…  e nestes é escassa ou inexiste a figura do comércio de bens industrializados.
     Além do que, sabemos bem das diferenças econômicas de nossa sociedade, e não podemos obrigar uma pessoa que recebe 550,00(quinhentos e cinquenta) reais por mês, às regras de consumo dos que gozam de melhor remuneração. No capítulo segundo intitulado DOS DIREITOS SOCIAIS encontramos o Art. 6º que diz:
“São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 64, de 2010)
     Como poderia um trabalhador sujeito a remuneração mensal de um salário mínimo, conciliar todos estes direitos? Imaginem que um trabalhador receba 500 (quinhentos) reais mensais – depois de descontado FGTS e tudo mais-, e que este mesmo trabalhador gaste 50 (cinquenta) reais de carne/peixe, por mês, para a alimentação de seus dependentes, isso representaria 10% do patrimônio mensal daquele trabalhador, acrescente materiais de limpeza, despesas de condução, compra dos itens da “cesta básica”, custos de moradia, etc… O que sobra para o lazer? O que sobra para a saúde?
     Não estamos defendendo que com a regulamentação da caça todos os problemas do País desapareçam, mas estamos mostrando que, uma vez regulamentada a caça no país, as pessoas teriam a opção de buscar in natura uma forma de economia e complementação de seu patrimônio laboral, bom exemplo disso seria a obtenção de carne para a família e a venda do couro do animal abatido, serviços de taxidermia, valorização da indústria armamentista, turismo interestadual, turismo intermunicipal.
     O que trás renda para o homem, é protegido pelo homem, frase repetitiva e bem verdadeira. Tenho um tio que diz:
“Vacas nós temos milhares, agora os mico-leões contamos nos dedos!”
     Bem, esses são alguns pontos que gostaria de compartilhar, sintam-se a vontade para descordar, não é meu objetivo que as pessoas aceitem e entendam meu ponto de vista, até por que assim como vocês sou passível de erros e falhas.
Categorias: Off Topic (Fora de Tópico) | 2 Comentários

Cultura Brasileira: Oxóssi o Deus Caçador

   Oxóssi é um Orixá, que também é conhecido como “caçador dos Céus”. Tido como divindade da fartura, e da prosperidade.
      Tem como principais características a sabedoria, e a coragem. É um Orixá que está ligado à contemplação, amante das artes e das coisas belas.
     Como todos os outros Orixás, Oxossi também está no dia a dia dos seres vivos, convivendo intimamente com todos nos. Dentro do culto, ele é o caçador do Axé, aquele que busca as coisas boas para uma Casa de Santo, aquele que caça as boas influências e as energias positivas.
      No dia a dia, encontramos o deus da caça em todas as refeições, pois é ele que provê o alimento. Rege a lavoura, a agricultura, permitindo bom plantio e boa colheita para todos.
Adorei saber que mesmo não sendo um Deus brasileiro, existem vários folclores no país, e principalmente por poder ver que não temos só a mula sem cabeça, saci pererê…
Categorias: Off Topic (Fora de Tópico) | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.